HOME | ORGANIZADORES | COMITÊS | COMITÊ DE HONRA | PATROCINADORES | CONTATO
Español English

INFORMAÇÃO GERAL

DATAS IMPORTANTES

INSCRIÇÃO E PREÇOS

PAGAR

ENVIO DE ABSTRACTS

EIXOS TEMÁTICOS

EVENTOS SOCIAIS

TURISMO E HOTÉIS

ARGENTINA E BUENOS AIRES

LIVRO CONGRESSO

EXIBIÇÃO E CONCURSO DE FOTOGRAFIA

 
USUÁRIOS
E-mail
Senha


Lebrar senha
Ainda não é usuário? +
 

Secretariado Local do Congresso
Asociación Argentina de Salud Mental (AASM)
Guardia Vieja 3732, 1ºA
Buenos Aires, Argentina
Tel./ Fax: +54 11 2000-6824 | 4978-7601
1 PM - 5 PM
congreso@aasm.org.ar

  Argentina y Buenos Aires

Informação geral sobre a Argentina

Localizada na América do Sul e, portanto no hemisfério sul do planeta, a Argentina tem uma extensão de quase 3,8 milhões de Km2, dos quais 2,8 pertencem ao continente -com aproximadamente 54% de planícies (pradarias e savanas), 23% de mesetas e outros 23% de serras e montanhas- e o resto ao setor antártico. Seus 3.800 quilômetros de longitude se estendem dos 22° até os 55° de latitude Sul. Limita com o Uruguai, o Brasil, o Paraguai, a Bolívia e o Chile com um perímetro de fronteiras de 9.376 quilômetros. A fachada marítima, sobre o Oceano Atlântico, alcança os 4.725 quilômetros.

Geografia

A característica fundamental do relevo argentino é o enorme contraste que oferecem as imensas planícies orientais e a impressionante cordilheira dos Andes ao oeste, a que possui o cume mais alto do hemisfério ocidental: o Aconcagua, de 6.959 metros.

Em seu percurso desde Jujuy até Tierra del Fuego, a cordilheira exibe a maravilhosa variedade de sua paisagem: dos planaltos do noroeste -desérticos, com vales, quebradas e coloridas colinas- até a região dos lagos, bosques e geleiras da Patagônia.

Ao norte, o Chaco é uma área florestal ligada aos rios Bermejo, Salado e Pilcomayo.

Entre os rios Paraná e Uruguai, a Mesopotâmia argentina (províncias de Entre Rios, Corrientes e Misiones) está formada por colinas baixas, lagoas e estuários que marcam os antigos traçados destes grandes rios. Em alguns setores, em meio da selva subtropical, produzem-se rupturas que favorecem fenômenos tão espetaculares como as Cataratas do Iguaçu.

No centro da Argentina, a região pampeana é a planície mais extensa e conhecida. De intensa exploração agrícola e do gado, abrange a província de Buenos Aires, nordeste da província de La Pampa e sul de Córdoba e de Santa Fé. Sua paisagem está interrompida ao sul pelas pequenas serranias de Tandil e de La Ventana, e ao oeste pelas serras de Córdoba.

Para o sul, dos Andes ao mar, estendem-se as estéreis e pedregosas mesetas patagônias, açoitadas grande parte do ano pelo vento. O litoral atlântico, rodeado por altos escarpados desenha formas sinuosas, como a Península Valdés, com seus espetaculares apostadeiros de animais marinhos.

Clima
A Argentina tem uma grande variedade climática: moderado e úmido na planície pampeana, frio e úmido no extremo oeste da Patagônia, subtropical na parte norte da Mesopotâmia e quente no Noroeste. Desde novembro até março, a temperatura média é de 23° C e, de junho a setembro, de 12° C.

População
A população atual da Argentina é de mais de 36 milhões de habitantes, dos quais quase a metade reside na Capital Federal e na província de Buenos Aires. Estas cifras indicam uma densidade de 13 habitantes por Km2.

95% dos argentinos são de raça branca, descendentes principalmente de italianos e espanhóis. Com a chegada da massiva imigração européia, o mestiço -mistura entre branco e índio- foi diluindo pouco a pouco, e hoje só supõe o 4,5% da população racial argentina. A população indígena pura -mapuches, collas, tobas, matacos e chiriguanos- representa 0,5% dos habitantes.

Idioma
O idioma oficial da República Argentina é o castelhano (ou espanhol). Em Buenos Aires adota formas da gíria, jargão do âmbito portenho.

Religião
A religião oficial é a Católica Apostólica Romana, embora exista total liberdade de culto. Praticam-se, além disso, o protestantismo, o judaísmo, o islamismo, a religião ortodoxa grega, a ortodoxa russa e outras.

Moeda
A moeda oficial argentina é o peso ($). Há notas de 2, 5, 10, 20, 50, 200 e 500 pesos, e moedas de 1 peso e de 1, 5, 10, 25 e 50 centavos.

Câmbio
Aproximadamente:
1 U$D = $ 17,60.-
1 Euro = $ 20,50.-

Algumas Referências
Café: $ARG 35,00 = U$D 2,00
Coca Cola (no restaurante): $ARG 40,00 = U$D 1,90
Jantar Restaurante (por pessoa): $ARG 200 = U$D 10,20
Ônibus local (uma viagem): $ARG 6,00 = U$D 0,35
Metrô (uma viagem): $ARG 7,50 = U$D 0,45
Táxi (viagem de 10 minutos, 4 km. aprox.): $ARG 100 = U$D 6,00.-
BigMac: $ARG 85,00 = U$D 5,00
Cinema: $ARG 180 = U$D 10,00 (quarta-feira 50% de desconto: USD 5,00)

São aceitos os cartões de crédito American Express, Master Card, VISA, Diners e outros.
O horário bancário é de segunda-feira à sexta-feira de 10 h. a 15 h.

 

Informação geral sobre a Cidade de Buenos Aires

Ciudad Autónoma de Buenos AiresA cidade de Buenos Aires é a capital da República Argentina, localizada no hemisfério sul do continente americano, latitude 34° 36' e longitude 58° 26'. A cidade se estende sobre um terreno plano, e tem uma superfície de 202 km quadrados. Vivem ali aproximadamente 3 milhões de pessoas. Somando a população da área metropolitana, a população total supera os 10 milhões de habitantes, o que a converte em um dos 10 centros urbanos mais povoados do mundo.

O Rio de la Plata e o Riachuelo (riacho) são seus limites naturais para o este e o sul. A Avenida General Paz, que circunda a cidade do norte ao oeste, completa o limite da cidade. Esta avenida enlaça de maneira rápida a capital com o Grande Buenos Aires, uma área de alta concentração de habitantes e forte atividade.

Clima
O clima de Buenos Aires é benigno todo o ano. A temperatura média anual de 18° torna escassos os dias de calor e frio intensos, o que permite passear pela cidade em qualquer época.

O mês mais frio é julho. Embora não se apresentem geladas é necessário sair com um agasalho de lã, um casaco ou sobretudo e cachecol. No inverno o frio é moderado durante o dia, mas pelas noites baixa a temperatura.

No verão, o calor é úmido. As manhãs são quentes, muito quentes os meio-dias e as primeiras horas da tarde. De noite, a temperatura baixa levemente, por isso se usa roupa fresca e leve, e não há necessidade de casacos.

As temporadas mais chuvosas são o outono e a primavera (de março a junho e de setembro a dezembro). São geralmente garoa ou chuvas breves que não impedem o desenvolvimento das atividades e permitem sair, com um guarda-chuva ou um impermeável.

Nos dias ensolarados de outono e primavera as manhãs são frescas, a temperatura sobe em forma agradável por volta do meio-dia e baixa de noite.

Nível Sanitário
Não há obrigação nem necessidade de aplicar-se nenhuma vacina antes de entrar em Buenos Aires, já que é uma cidade segura do ponto de vista sanitário. A água da rede pública é potável. Os hospitais públicos -que estão a disposição do turista- atendem urgências as 24 horas do dia em forma gratuita. Os profissionais médicos são reconhecidos, a nível mundial, como de excelente nível. O serviço de ambulâncias para emergências (SAME) é gratuito.

Transporte
Para viajar dentro da cidade, existe um sistema de transporte com múltiplas opções: cinco linhas de "subtes" (assim se abrevia o nome dos metrôs), mais de cem linhas de "colectivos" (assim se chama em Buenos Aires aos ônibus ou bus) e ferrovias (ou trens) interurbanas. Os táxis e remises (carros com rádiochamada que cobram uma tarifa fixa proporcional à distância) são um meio de transporte muito comum, já que são seguros e comparativamente mais econômicos que em outras cidades.

O serviço de transportes para chegar a Buenos Aires também oferece muitas opções: linhas aéreas e via fluvial do exterior, ônibus e trens do interior do país.

Tempos de vôos internos desde Buenos Aires

  • Puerto Iguazú: 1 h 45 min
  • Posadas: 1 h 30 min
  • San Salvador de Jujuy: 2 h 10 min
  • San Miguel de Tucumán: 1 h 50 min
  • Salta: 2 hs.
  • Córdoba: 1 h 15 min
  • Mendoza: 1 h 50 min
  • San Carlos de Bariloche: 2 h 20 min
  • Trelew: 2 hs.
  • Mar del Plata: 45 min
  • Río Gallegos: 2 h 55 min
  • Ushuaia: 3 h 20 min
  • El Calafate: 3 h 15 min